Os peelings químicos promovem a renovação celular da pele por meio da aplicação de diferentes substâncias. Podem ser superficiais, médios ou profundos. Os superficiais são usados principalmente para clarear manchas (melasma), para o tratamento de rugas finas, poros, acne ativa,cicatrizes de acne e oleosidade.  

Substâncias mais usadas: 

  • Ácido retinóico;
  • Ácido salicílico;
  • Solução de Jessner;
  • Ácido glicólico;
  • Cosmelan e Dermamelan: usados especificamente para o tratamento do melasma.

Os peelings superficiais são realizados a cada 15 ou 21 dias. A descamação subsequente costuma ser fina e não chega a atrapalhar o dia a dia. 

Os peelings médios e profundos (TCA, Fenol) agem nas camadas mais profundas da pele e são utilizados para melhora das rugas e rejuvenescimento facial. Estão, cada vez mais, sendo substituídos pelos lasers, principalmente o de CO2 fracionado, devido ao seu menor potencial de complicações e recuperação mais rápida. 

O Peeling de Cristal ou Microdermoabrasão é realizado com um aparelho que produz um jato com cristais de hidróxido de alumínio em alta pressão. Utilizado para melhorar a textura da pele, pequenas manchas, rugas finas e estrias. Pode ser associado a peelings químicos.