O tônus muscular e da pele são determinados geneticamente. Entretanto, diversos fatores ambientais podem contribuir para o aparecimento da flacidez como sedentarismo, alimentação inadequada (pobre em proteínas e rica em gorduras), perda importante de peso, gravidez, distúrbios hormonais tabagismo, alcoolismo e exposição exagerada ao sol. As mulheres são mais propensas a flacidez do que os homens.

Com a maturidade, a deficiência de colágeno passa a ser percebida por meio da perda de elasticidade na pele, formação de rugas e flacidez. A partir dos 30 anos o corpo sofre uma perda de colágeno de cerca de 1% ao ano e, aos 50 anos, produz apenas 35% do colágeno necessário para os órgãos de sustentação.

De acordo com a área afetada, o dermatologista irá indicar o melhor tratamento:

Face e pescoço: radiofrequência, laser CO2 fracionado, laser Erbium fracionado, Sculptra, Radiesse, preenchimento com ácido hialurônico ou ultrassom micro focado.

Corpo: radiofrequência, ultrassom ou Sculptra.